José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos


O amor é devedor.
Todo amor machuca.
Todo amor fere.
Todo amor deprime.
Mas,
Se não fosse por isso
Tudo na vida não teria
sentido.
Na minha jornada, sempre
Fui coroado por alpendres
De dores.
Na minha jornada
Perdi uma vez, com muita
Dor.
A rosa mais linda de meu
Jardim se foi.
Dizem que a vida é assim mesmo.
Mas eu digo que a vida não é assim mesmo.
Estou ferido, num campo de  batalhas, onde a saudade me oprime, me dói.
E o pior, não há redor de armados.
Há uma explicação – a vida não é assim mesmo !
Ela é apenas roçar passado de ventos dos que já foram amados!
 
José Kappel
Enviado por José Kappel em 08/10/2019
Alterado em 08/10/2019


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras