José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos

Coisas de Pintar
Se todo esse jardim fosse meu
um dia, de primavera,ia pintá-lo
todo de cor-de-rosa - sua cor sensual!

Ia dar inveja ao sol
flutuante
que perdura em seus olhos!

Ia fazer das pétalas - flocos de neve -
que flutuariam sobre sua face de luz -
onde aportam belezas dos desmedidas!

Com sua eterna magia,
ia fazer magia de rainha,
e transformá-la princesa
de três reinos!

Ia fazer desta terra
coisa de mágico colorido,
coisa de mágico sem palco!

Porque você é mais forte do que o sol,
mais sombreada do que a noite da lua,
mas forte de querer
mais forte de amar!

Vou fazer disso tudo
uma fonte de amor,
onde vizinho não entra,
parente não faz figa,
e só lá entram os lírios,
amigos de seu canto!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 28/07/2006


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras