José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos

Vida da Vida
a vida virou bruta,
a vida já não é igual
é paralela à luta
para se viver
com qualquer idade.

a vida precisa
parar um pouco,
e todo mundo sentar
à beira
da castanheira
e pensar
igual a um louco:

vida que é vida
faz da gente,
de pano curto,
mais humano
e endossa o amor
com auréola de
eterna
luz ufana !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 17/10/2006


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras