José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos


Querido Joseph

Mais uma noite chegou e com ela a madrugada silenciosa e triste. Faz muito frio e o vento que assovia lá fora amedronta a alma.

A pouco o sino tocou na abadia. Anunciou a partida de alguém. Quantos já choram sua ausência e sofrem aguilhoadas em dores?

Não consigo dormir. As noites sempre são tristes e longas sem você. É na escuridão que os pensamentos se tornam autônomos e vagam em busca de ti.

Relembro nosso tempo juntos. Parecia que nunca haveriam partidas.

As perguntas não calam. A saudade é insuportável. A dor me consome...

Continuo te amando, mas não sei mais viver sem você...

Marie.
José Kappel e Marie
Enviado por José Kappel em 08/04/2017
Alterado em 27/07/2017


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras