José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos

Sentido da Cor
De dia sou eu.
À noite, beira-eu.

É todo dia,
dia pra cá,
dia pra lá.

rodo todos os dias
no mesmo barco.
mas sei que lá,
bem à frente
está o abismo de águas.

vou pra lá?
Se vou !

sou minha família
do eu sozinho
e a dor
do dia a dia.

E fato é,
que lá perdi
a sensação das cores.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 18/04/2017


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras