José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos

Cascatas de Vida

A vida se repete, num movimento incessante de vidas, rios, lagos e montanhas. A vida é continuidade de outras vidas e se agrega à próxima paisagem fazendo dela um reflexo do que somos. Se somos ruins, esta pedra se voltará, um dia, contra nós. Da mesma maneira, se plena a bondade em nós, esta se voltará em luz e paz. De que se adianta viver, sem entender, olhar e não ver, passar e não sentir? No repentino de tudo isso, me medro em cascatas melosas de medo. O que será de mim, que não sei quem fui. O que será de você que não sabe o que fez? E, se eu um dia, plainar no denso escuro, sei que meu discurso em vida foi passageiro e sem valor. Provável que não estava preparado ainda para absorver as coisas que me deram na palma da mão. Creia. É cevada e jejum! A vida se repete. E eu não sei se estou me repetindo.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 11/07/2019


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras