José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos

Montanha de Amor

 
Tive duas chances na vida. Ambas as perdi. Na primeira era para conquistar uma montanha. Desisti, era grandiosa e forte demais. A segunda construir uma montanha. Desisti. Era difícil demais. Levaria mil anos para tentar realizar as duas. Paciência, comprei uma garrafa de aguardente e dormi apaixonado pelo meu fracasso. Em ambos os casos, mesmo vencendo seria um perdedor. Não se conquista montanha. A gente, primeiro a ama.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 21/01/2020
Alterado em 23/01/2020


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras