José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos


sei que água e vinho,
não se misturam,
mas sei que um faz o outro.

no nosso adeus.
 meu curso já está feito:
hoje sorvo seu beijo sem suturas,
hoje faço seu dengo,
e comungo
minha primeira lua,
meu último  beijo.
de mãos dadas.
com seu espírito de luz
ao som de um meigo realejo.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 20/02/2020
Alterado em 20/02/2020


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras