José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos


Minha vida está entrelaçada à sua. Se você ri, sou feliz; se choras, sou parte das lágrimas. 

O que você sente, me rebate. Somos espíritos diante da surpresa. 
Somos dois paraísos.

Descobrimos a eternidade num toque de mãos.

Descobrimos a beleza apaziguando os pobres de espírito.
Aliciamos, com o manto ungido de paz, os que vivem na miséria, provocada pelos que se julgam reis.

E nesta caminhada, descobrimos o amor.
E do amor, viramos o espírito do amanhã.
Somos a eternidade de mãos dadas.
O cordeiro da fraternidade.
Somos um em nós dois.
José Kappel
Enviado por José Kappel em 28/01/2021
Alterado em 28/01/2021


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras