José Kappel

Um amor sobrevive ao outro.

Textos


eu sou
o contrário
e o avesso.

 

o princípio
e o fim.

 

sou
as costas,
o perfil,
a máquina,
o sabor
um homem
sem achados
de ouro.

 

eu sou o conflito
que obedece
e aflita.

 

eu sou o nada

disfarçado de tempo.


eu sou o princípio,
as vestes
dos vivos,
e paramentos
do mortos.

 

se sou assim,
feliz, sou assim,

mas se sou assim,

sou também o

arcanjos dos infelizes.

 

José Kappel
Enviado por José Kappel em 24/11/2022
Alterado em 26/11/2022


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras